A spirulina ou espirulina é um suplemento dietético derivado de algas verde azulada rica em nutrientes como: proteínas, vitaminas B, vitamina E, clorofila, betacaroteno e ferro. Apesar de ser conhecida como uma alga verde azulada a spirulina é uma espécie de bactéria do filo das cianobactérias chamada de Arthrospira platensis  elas crescem naturalmente em lagos de ph básico nas regiões da África, México, América e Ásia. 

A espirulina também possui um poderoso complexo proteico à base de plantas chamada ficocianina. Pesquisas mostram que isso pode ter propriedades antioxidantes, analgésicas, anti-inflamatórias e protetoras do cérebro.

Sabendo disso vejamos a seguir alguns dos benefícios oferecidos pela espirulina: 

imagem com pó da espirulina


1- MELHORA O PERFIL LIPÍDICO 

A spirulina possui um fitoquímico chamado de ficocianina que atua impedindo a absorção de gorduras pelo intestino delgado e consequentemente a eliminação de colesterol e ácidos biliares nas fezes, além disso, ela pode atuar na melhora da saciedade através de uma resistência a leptina(hormônio que controla a saciedade, diminuindo as inflamações nas gorduras viscerais, prevenção do acúmulo de gordura hepática, redução do estresse oxidativo e melhora da sensibilidade à insulina. 


2-ÓTIMA FONTE DE PROTEÍNA E AMINOÁCIDOS VEGETAL 

Estima-se que a espirulina tenha cerca de 70% do seu peso em proteína, com excelentes taxas de aminoácidos não essenciais como; glutamato, aspartato, tirosina e aminoácidos essências como; leucina, lisina, fenilalanina e metionina. 


3-AUXILIA NA REALIZAÇÃO DE ATIVIDADES FÍSICAS 

Um estudo relatou uma melhora no tempo de fadiga em atletas que receberam uma suplementação de 6g espirulina durante 7 dias com aumento no número de hemoglobina, ao mesmo tempo, em que reduziu o consumo de oxigênio e a FC durante o exercício submáximo de ciclismo de braço. 


4-MELHORA A IMUNIDADE 


A espirulina também vem demonstrado ter uma importante papel na regulação das células do sistema imune através dos seus fitoquímicos e das concentrações de vitaminas e minerais presentes na sua composição.



 

Referencias 

LiverTox: Informações clínicas e de pesquisa sobre lesão hepática induzida por drogas [Internet]. Bethesda (MD): Instituto Nacional de Diabetes e Doenças Digestivas e Renais; 2012-. Spirulina. [Atualizado em 10 de abril de 2019]. Disponível em: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/books/NBK548312/ 

DiNicolantonio JJ, Bhat AG, OKeefe J. Effects of spirulina on weight loss and blood lipids: a review. Open Heart. 2020 ;7(1):e001003. DOI: 10.1136/openhrt-2018-001003. PMID: 32201580; PMCID: PMC7061888. 

Alberto Finamore, Maura Palmery, Sarra Bensehaila, Ilaria Peluso, "Antioxidant, Immunomodulating, and Microbial-Modulating Activities of the Sustainable and Ecofriendly Spirulina", Oxidative Medicine and Cellular Longevity, vol. 2017, Article ID 3247528, 14 pages, 2017. https://doi.org/10.1155/2017/3247528 

Gurney T, Spendiff O. Spirulina supplementation improves oxygen uptake in arm cycling exercise. Eur J Appl Physiol. 2020;120(12):2657-2664. doi:10.1007/s00421-020-04487-2


Post a Comment

slide

Este site utilizar cookies para lhe dar um serviço melhor.
Clique em Aceitar e fechar para consentir a utilização dos cookies, visite a política de privacidade para mais informações Aceitar Saiba mais